Prosa Sonora
23 setembro
12 outubro
23 outubro
17 novembro

no
Teatro
SESI

20h
Entrada
Gratuita

Depois de Dona Onete, Ponto Br, e Orquestra Contemporânea de Olinda, nomes que figuraram com ineditismo nos palcos goianienses em suas últimas edições, a Prosa Sonora reúne uma programação de peso este ano em Goiânia. O festival, que chega à terceira edição com a proposta de abrir espaço na agenda da Capital para bandas que figuram fora do circuito comercial Brasil afora, volta a surpreender na programação com atrações inéditas e gratuitas, além de promover encontros encantadoramente improváveis, como é o caso de um dos shows mais esperados que colocará lado a lado nada menos do que Bongar (PE) e Liniker (SP).

Ao todo, a Prosa Sonora trará a Goiânia 14 atrações que se dividirão em quatro apresentações no Teatro Sesi entre os dias 13 de setembro e 17 de novembro. Além do dueto entre o grupo pernambucano e o cantor paulista, no festival estarão o Forró de Rabeca de Maciel Salu (PE); uma boa mistura de ritmos periféricos com a Bahia Bass do Àttøøxxá (BA); o resgate da sonoridade afro-brasileira do Terra Cabula (GO); um retorno aos bailes de forró pé de serra com o projeto Forró de Vitrola, de Cacai Nunes (DF); o coco das meninas da Cocada Coral (GO); outro encontro promissor entre Berra Boi (PB), Alessandra Leão e Caçapa (PE), e ainda discotecagem com os DJs Gerson Deveras (DF) e Furmiga Dub (PB).

Foto: Bia Varella